quarta-feira, abril 17, 2024
Noticias Escritas

GOVERNADOR DE MINAS GERAIS, ROMEU ZEMA, AFIRMA QUE COMPROVANTE DE VACINAÇÃO NÃO SERÁ OBRIGATÓRIO PARA MATRÍCULA NA REDE ESTADUAL DE ENSINO.

vídeo da internet

Essa decisão contrasta com a orientação do Ministério da Saúde, que recomenda a exigência do comprovante de vacinação.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, acompanhado pelo senador Cleitinho e pelo deputado federal Nikolas Ferreira, anunciou que a apresentação de comprovante de vacinação não será obrigatória para a matrícula na rede estadual de ensino. A declaração ocorreu no início do ano letivo, marcando o retorno dos estudantes às escolas nesta segunda-feira, 5 de fevereiro.

O governador informou que todos os alunos, independentemente de terem sido vacinados ou não, terão acesso às escolas. Essa decisão contrasta com a orientação do Ministério da Saúde, que preconiza a exigência do comprovante de vacinação. No ano passado, o Programa Nacional de Imunizações incluiu a vacina contra a Covid-19 na lista de obrigatórias antes dos 5 anos.

A decisão adotada por Minas Gerais ganha destaque em meio a um cenário político polarizado, com apoio de lideranças vinculadas ao ex-presidente Jair Bolsonaro. A medida vai de encontro às recomendações federais e levanta questões sobre a autonomia dos estados em definir suas políticas de saúde e educação no contexto da pandemia

Adersen Arantes

Adersen Arantes estudou Licenciatura Ciências da Comunicação na Universidade da República no Uruguai. Trabalhou como Repórter na Rede TV e Record em Parauapebas, Também atuou como apresentador de Telejornal no Sbt Tucuruí - PA e SBT Parauapebas - PA. Atualmente faz parte da equipe de Jornalismo do Grupo DTTV em Nepomuceno.

Deixe um comentário