quarta-feira, abril 17, 2024
Noticias Escritas

A POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS PRENDE HOME QUE PRATICOU INJURIA RACISTA EM BOA ESPERANÇA.

Na última quarta-feira, 31 de janeiro, na cidade de Boa Esperança, um homem com as iniciais C. D. C., de 53 anos, foi preso por praticar injúrias raciais. O crime aconteceu no dia 24 e 26 de janeiro deste ano, contra uma mulher de 44 anos, um homem de 32 anos e outra mulher de 51 anos.

O fato teve repercussão nacional, e o autor dos crimes tinha sido conduzido à Delegacia de Polícia no dia 26, mas, naquela noite, embora um dos crimes por ele cometido fosse incontroverso, houve alegação do autor de que os vídeos apresentados pela vítima eram recortes de uma briga maior em que ele teria sido vítima de homofobia, assim a polícia civil teve que instaurar uma investigação policial mais ampla, como inquérito policial, para apuração de todos os fatos primeiro, antes de eventual prisão.

 Ao final, foi comprovado que ele praticou o crime de injúria racial, não só uma vez, contra uma vítima, mas, sim, por cinco vezes, contra três vítimas.

Vale destacar que já em 27 de janeiro, após levantamento de todos os fatos, transcrição de áudios e decupagem de vídeos, pela Polícia Civil foi pleiteada a prisão preventiva do autor, que foi concedida em 28, porem o autor do crime encontrava-se foragido, mas foi preso, na tarde no último dia de janeiro, 321/01/2024, em Boa Esperança/MG.

Ele foi encaminhado ileso para a Polícia Penal, onde aguarda remanejamento. O autor esteve acompanhado por advogado durante a prisão.

Adersen Arantes

Adersen Arantes estudou Licenciatura Ciências da Comunicação na Universidade da República no Uruguai. Trabalhou como Repórter na Rede TV e Record em Parauapebas, Também atuou como apresentador de Telejornal no Sbt Tucuruí - PA e SBT Parauapebas - PA. Atualmente faz parte da equipe de Jornalismo do Grupo DTTV em Nepomuceno.

Deixe um comentário