01/04/2020

Impressoras 3D do Unilavras produzem máscaras de proteção

Inicialmente, 200 máscaras devem ser produzidas


Na busca por cumprir seu compromisso com a sociedade e ajudar a controlar a disseminação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o Unilavras começou a produzir máscaras de proteção individual em impressoras 3D. Os equipamentos são do estilo "face shield" e serão doados à Santa Casa de Misericórdia e ao Hospital Vaz Monteiro, ambos da cidade de Lavras.

A ação faz parte de uma rede de colaboradores que têm trabalhado com a produção dos EPIs. Além do Unilavras, a Universidade Federal de Lavras e voluntários que possuem impressoras 3D, também estão produzindo os equipamentos.

São três impressoras 3D do Espaço Maker do Unilavras, que funcionam 24 horas por dia, confeccionando as máscaras "face shield", também conhecidas como "máscara escudo". Elas têm o papel principal de proteger os olhos e servem também para reforçar a eficácia de proteção das máscaras comumente utilizadas pelos agentes da saúde, que lidam diretamente com pessoas que possuem sintomas relacionados à Covid-19.

Para o coordenador do projeto, o Assessor de Expansão e Novos Negócios do Unilavras, Luiz Felipe Argenta, o momento é de colaboração. "Nós temos consciência que temos que colaborar e ajudar a cidade a conter a pandemia. Com estas máscaras, os profissionais da saúde de Lavras poderão trabalhar com mais segurança", disse.



A meta inicial é que 200 máscaras sejam confeccionadas para atender a demanda de profissionais da saúde. A produção conta com insumos próprios do Unilavras. Além disso, uma parte do material foi doada por empresários da cidade e até mesmo por professores que fazem parte da rede de colaboradores. Para saber como ajudar, ligue para (35) 3694-8134.


(FONTE: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO UNILAVRAS)

© 2015 DTTV. Todos direitos reservados. All rights reserved.